• Dra. Saada Chidiac

Menopausa e Perimenopausa: o que você precisa saber

A verdadeira menopausa dura apenas um dia. É o dia do aniversário de um ano de sua última menstruação. A idade média para entrar na menopausa é 51 anos, mas qualquer momento entre os 40 e os 50 anos é considerado normal. A perimenopausa, no entanto é uma longa e contínua transição da fertilidade para a infertilidade, que começa de sete a dez anos antes da menstruação acabar.


Menopausa e Perimenopausa: o que você precisa saber

QUAIS OS PRINCIPAIS SINTOMAS DA MENOPAUSA E PERIMENOPAUSA?


Você aprende a esperar pelo inesperado: uma TPM cada vez pior, que aparece cada vez mais cedo todo mês, o descontrole emocional sem motivo aparente, a sensação de euforia num dia e total indiferença no outro, e a menstruação que vem e vai de maneira imprevisível. Só de saber que você pode ficar um pouco irritada pode ajudá-la a não deixar que o processo a domine.

Entre as reclamações mais comuns dessa fase estão: ganho de peso, fadiga, baixa do libido e ressecamento e irritação vaginal. Como o colágeno é sensível ao estrogênio, ele fica menos elástico, ou seja, mais rugas. A insônia é outro grande problema, pode ser um evento isolado ou recorrente, provocado pelos suores noturnos – fogachos.


E AGORA? O QUE VOCÊ PODE FAZER PARA ALIVIAR OS SINTOMAS DA MENOPAUSA E PERIMENOPAUSA?


Existem diversas receitas sobre como usar a Terapia de Reposição Hormonal para aliviar os sintomas da perimenopausa e da menopausa. Mas não há uma solução que resolva todos os problemas. No entanto, seja qual for os tratamentos que você escolher, a avaliação clínica com exames individualizados é sempre a melhor abordagem.

Alimentar-se bem, e fazer exercícios físicos é necessário ao longo da vida, mas na perimenopausa isso se torna realmente crucial. A prática de exercícios ajuda muito no tratamento de depressão, insônia e performance sexual.

Quanto aos alimentos e suplementos, aqui vão algumas sugestões. A vitamina D, soja, alcaçuz, tomilho, a cúrcuma, os brotos entre outros.

Vamos conversar mais sobre esse assunto tão marcante. Agende sua consulta.

Lembre-se, quanto antes melhor!

Abraços,

Dra. Saada.

Fonte: Dra. Julie Holland (Mulheres em Ebulição).

40 visualizações

© Site desenvolvido por carolinemeneses.com